Curso Técnico em Eletrônica
Técnico em Eletrônica

Histórico

O Curso Técnico em Eletrônica foi criado no ano de 2010 e passou a integrar a Central de Ensino e Desenvolvimento Agrário de Florestal (CEDAF) no primeiro semestre de 2011. O objetivo da criação era abranger a região Centro-Oeste de Minas, uma vez que a mesma não possuía um curso Técnico em Eletrônica, em nível de ensino federal. Além disso, o curso poderia atender a região metropolitana de Belo Horizonte, pois as escolas de nível técnico mais próximas estavam em um raio de cinquenta quilômetros do Campus de Florestal. Outra justificativa para a criação do curso foi o crescimento dos segmentos industriais e tecnológicos da região, onde existem, atualmente, grandes empresas, como FIAT, Ambev, Toshiba, Itambé, Petrobrás, CEMIG, dentre outras.

Desde sua criação o curso faz a interação entre teoria e prática, seja durante as aulas ou em atividades tais como visitas técnicas, participação dos discentes em projetos de pesquisa e extensão, realização de trabalhos acadêmicos no âmbito de disciplinas curriculares e outros eventos acadêmicos. Para auxiliar no aprendizado prático, o curso conta atualmente com laboratórios que contemplam todas as disciplinas da matriz curricular. A relação entre teoria e prática é também enfatizada durante a realização do Estágio Supervisionado, considerado um importante elemento de concretização de todo o processo de formação do estudante.

O Curso Técnico em Eletrônica concomitante ao Ensino Médio destina-se a quem já concluiu o Ensino Fundamental e deseja cursar, simultaneamente, o Curso Técnico e o Ensino Médio. O curso é ministrado em horário integral (Ensino Médio e Ensino Técnico) com duração de três anos. O aluno que já concluiu o Ensino Médio pode cursar somente o Ensino Técnico. O ingresso ao curso se dá por meio de processo seletivo, que ocorre anualmente, sendo oferecidas 36 vagas.

 

SAIBA MAIS SOBRE A UFV

Equipe de Desenvolvimento Web/UFV - 2013 - Mantido com Wordpress