Curso de Graduação em
Ciências Biológicas – Licenciatura

Histórico

O Campus Florestal da UFV possui uma rica historia voltada para o desenvolvimento da sociedade brasileira, de onde podemos citar as seguintes datas importantes:

  • Em 26 de abril de 1930 foi inaugurada a Fazenda-Escola onde eram ministrados cursos rápidos para fazendeiros;
  • Em 1948 a Instituição passou a ser denominada: Escola Média de Agricultura de Florestal (EMAF) e oferecia curso de Agricultura, destinado à formação de Técnicos Agrícolas.
  • Em 1955 foi incorporada à antiga Universidade Rural do Estado de Minas Gerais (UREMG), hoje Universidade Federal de Viçosa.
  • Com o objetivo de incrementar as atividades do ensino médio (antigo 2º Grau), a pesquisa agropecuária e a extensão rural, o Ministério da Educação (MEC), em 1982, aprovou o novo regime da Instituição, que passou a ser denominada Central de Ensino e Desenvolvimento Agrário de Florestal (CEDAF), oferecendo cursos de Técnico em Agropecuária, Técnico em Secretariado e Técnico em Assistente de Administração.
  • No dia 22 de maio de 2006, por meio da Resolução 07/06 do Conselho Universitário da UFV (CONSU) a área que abriga a CEDAF passou a ser denominada Universidade Federal de Viçosa – Campus Florestal.
  • Atualmente na UFV – Campus Florestal são oferecidos cursos Técnicos de nível médio em Agropecuária, Informática, Eletrônica, Eletrotécnica, Processamento de Alimentos e Hospedagem, Curso Técnico de nível pós-médio em Agropecuária, cursos a distância em Agropecuária e Hospedagem e cursos Superiores em Administração, Agronomia, Engenharia de Alimentos, Gestão Ambiental, Ciências Biológicas – Licenciatura, Ciência da Computação, Educação Física – Licenciatura, Física – Licenciatura, Matemática – Licenciatura, Química – Licenciatura.

É notória a carência de professores nas áreas de Ciências (Biologia, Física e Química) e Matemática na Rede Pública de Ensino do Brasil, o que levou ao MEC a incentivar Universidades a criarem Cursos de Licenciaturas de qualidade para, sobretudo, elevar o índice de desempenho da Educação Básica de maneira contínua. De acordo com o documento do MEC “Plano Nacional de Graduação-PNG” (maio de 1999), as metas para expansão do ensino superior são, resumidamente, as seguintes:

  • Expandir a oferta de vagas na graduação, tendo como perspectiva atingir o percentual estabelecido de 30% da população, de 18 a 24 anos, matriculadas em alguma modalidade de curso superior, nos próximos dez anos.
  • Tendo-se as IES (Instituições de Ensino Superior) públicas como referências regionais e nacionais, assegurar que a expansão da oferta de vagas ocorra, no mínimo, na proporção existente entre os setores públicos e privados, no ano zero da vigência do PNG.
  • A expansão de vagas ocorrerá no interior de um marco objetivo de qualidade, em duas direções: instituições com qualidade reconhecida serão estimuladas a expandir-se e contribuir para a expansão de outras, de um lado; de outro, a expansão terá como base projetos pedagógicos, a ampliação do quadro docente e infra-estrutura adequada.
  • É integrante desta política de expansão a promoção da qualidade, por parte de todas as instâncias responsáveis, dos cursos de graduação e das instituições existentes. Não poderá ocorrer esta expansão na ausência de base real de qualidade.
  • Na base da capacidade física instalada e recursos humanos disponíveis, as IES acelerarão a oferta de cursos em turnos nos quais opere com ociosidade.
  • Estabelecimento de política e mecanismos que possibilitem a oferta de cursos de graduação, por meio de modalidades alternativas, tais como: a educação à distância e capacitação em serviço.

Essas metas, em seu conjunto, abrem uma grande oportunidade para a UFV – Campus Florestal, pois reforçam o vínculo pesquisa, ensino e extensão.

Instituições sólidas de ensino superior, como a UFV – Campus Florestal que já atuam de forma sinérgica, através da pesquisa e da extensão, para promoção do desenvolvimento sustentável de toda nossa sociedade, tendem a formar um cidadão culturalmente mais efetivo para a região e seu País e neste contexto insere-se o papel fundamental de um Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas: promover o desenvolvimento integrado de Florestal e região, em bases socialmente justas e ambientalmente compatíveis, através de ações de ensino, pesquisa e extensão de alto nível, demandadas por todos os segmentos da sociedade.

Para isso o curso de Ciências Biológicas – Licenciatura da UFV – Campus Florestal possui integração com os cursos de Licenciatura em Educação Física, Física, Química e Matemática do próprio Campus, propiciando formação ampla e sólida para o egresso, tornando-o capaz de atuar de forma multi e interdisciplinar utilizando temas transversais, como preconizam os parâmetros curriculares nacionais (PCNs) definidos pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB). Desta forma, o curso contribui para a formação de profissionais capacitados para o desenvolvimento indissociável do ensino, da produção, da pesquisa e da extensão.

SAIBA MAIS SOBRE A UFV

Equipe de Desenvolvimento Web/UFV - 2013 - Mantido com Wordpress